quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Mas que raios...

Por que decidi começar um blog aos 27 anos e agora que ele está praticamente fora de moda? Me sinto comprando um videocassete em 2010.

Pois é. Nem sei por quê. Bem, talvez até saiba. Vamos ver.

1- Conexão à Internet. Por mais jurássico que isso soe, só tenho conexão de banda larga há pouco mais de um mês. Longa história de exclusão digital. Agora dá pra acessar o mundo virtual e interagir com ele, então, por que não?

2- Prazer em escrever. Data de muito tempo meu gosto por palavras. Antes de eu querer ser qualquer coisa da vida, eu quis ser escritor. Depois, o senso de responsabilidade (que, se um dia se personificar, eu mato) me levou por outros caminhos. Que igualmente não deram em porcaria nenhuma. Quem sabe a disciplina de escrever com uma freqüência, digamos, semanal me resgate algo de anos de atrofia lingüística;

3- Algo a dizer, ninguém para ouvir. Não adianta, eu tenho um zilhão de idéias e teorias e reflexões por dia a respeito de praticamente qualquer coisa que eu veja e elas ficam zunindo na minha cabeça. E para não atormentar interlocutores que me cercam – que provavelmente não estão com disposição para meus devaneios – escreverei. Na fortuita ocasião de alguém estar interessado poderá ler. E, de repente, entrar na discussão, por que não?

4- Layout diferente. Enquanto ajudava a Carina a criar o novo blog dela, me deparei com a infinidade de templates para blog disponível. Quando vislumbrei a possibilidade, me apaixonei e pensei: “Preciso fazer algo com isso!”

Acho que é isso. Ah, e também “blog” é uma palavra muito legal, né? Pô, se alguém me dissesse quando criança “Quando você crescer, você vai ter um blog só seu!”, eu iria pirar, mesmo sem saber o que era. De certo, eu esperaria que fosse um filhote de alienígena (“Vem, Blog, vem!”). E teria uma frustração tardia. E escreveria sobre isso no meu blog.

3 comentários:

Paula disse...

Vem blog, vem!! Foi ótima essa!
Beijo, Cé.
Vou vir sempre aqui.
Trate de colocar umas coisas legais, tipo look do dia, viu?

Andre Pacheco disse...

como faço pra seguir vc criatura?

Anônimo disse...

Oi Cezar, é a Gabi do Cotil, lembra de mim?
Estava revendo algumas cartas antigas hoje e encontrei seu cartão de natal com as formiguinhas natalinas. Quase morri de rir! Deu uma saudade da nossa turma. Tempos bons, hein!
Espero que esteja bem, vou acompanhar seu blog... Se quiser conhecer o meu... Atualizo 1 vez por ano...rs...Um beijo episodioarabia.blogspot.com